Redes Sociais

sábado, 21 de agosto de 2010

# Maria # poesia

Maria


Refúgio dos Pecadores,

Consolação dos Aflitos.
Quantas mágoas, quantas dores
Tendes vós aliviado,

Oh Mãe do Crucificado.
Refugio dos pecadores!
Quem ouve os nossos clamores
Quem acode a nosso grito
Senão vós, olhos benditos
Senhora da piedade!
Vós chamada com verdade
Consolação dos Aflitos!

João de Deus

Nenhum comentário:

Follow Us @soratemplates