Redes Sociais

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Mãos Celestes

Mãos postas para a prece eternamente
Escudo contra o mal, do bem tutela;
Mãos, a um tempo, de mãe e de donzela;
Meigas, e armadas de poder ingente;

Mãos, de afagos e bênçãos ninho ardente,
Mãos, de clemência milagrosa umbela;
Capazes de aplacar qualquer procela,
E de salvar a mais perdida gente;

Mãos que Jesus beijou, e, pois, divinas;
Mãos delicadas, brandas, femininas,
Mãos de Maria, dai-me proteção!

Não recuseis curar-me esta ferida;
Tomai-me, erguei-me, consertai-me a vida
Eu deponho entre vós meu coração.

Afonso Celso


Nenhum comentário:

Follow Us @soratemplates